Mavsa Resort está com novidades e divulga inovações para 2019

•Outubro 18, 2018 • Deixe um Comentário

Mavsa - Abre

 

Por Carolina Berlato

 

Localizado na cidade de Cesário Lange, próximo a Sorocaba, no interior do Estado de São Paulo, o Mavsa Resort, Convention & SPA, um empreendimento all inclusive, está com novidades tanto na área de lazer quanto na de negócios. Foram adicionados nove apartamentos, agora serão 143 apartamentos no total.

Outro destaque é o Mavsa Burguer. Ainda em soft opening, a hamburgueria com temática medieval – desde a estrutura aos lanches – e música ao vivo, funciona aos sábados das 20h à 1h para visitantes e até às 2h para os hóspedes.

Na área de negócios e eventos serão inauguradas três novas salas de eventos, na segunda semana de novembro. A capacidade passará a ser de 1.600 pessoas.

Para as festas de fim de ano, quase todos os pacotes foram vendidos e a primeira semana de janeiro já está fechada. Após o primeiro semestre ter mostrado bons resultados, o resort investiu em melhorias para os hóspedes de lazer e de negócios. “Nós fechamos o primeiro semestre com 21% a mais em relação ao ano passado, foi isso que motivou o investidor a ampliar essas novas áreas”, comenta a subgerente-geral, Nilva Meirelles.

Outra aposta para 2019 será em mais shows, já que o Mavsa Resort obteve bom rendimento depois que passou a receber eventos do tipo. Para o encerramento do ano, a cantora Alcione se apresenta no hotel em 22 de dezembro.

Para isso, foi necessária uma reforma no Dragon Bar, espaço dedicado a festas e apresentações noturnas, que incluem os shows. Além das melhorias no luminoténico, a capacidade foi ampliada para 680 pessoas.

Anúncios

Em Porto de Galinhas (PE), Nanai Resort & SPA é sinônimo de glamour e requinte à beira-mar

•Outubro 16, 2018 • Deixe um Comentário

Nannai-vista-mar

 

Por Patrícia Chemin

 

Cercado pela beleza natural e exuberante de Porto de Galinhas (PE), o Nannai Resort & SPA atende e supera as expectativas, permitindo uma experiência realmente exclusiva. Independentemente da chegada, que pode ser até de helicóptero, todos são recepcionados com um welcome drink.

Nannai 1.jpg

A exclusividade fica ainda mais evidente com as opções de hospedagem que o resort oferece. Sob medida e para diferentes perfis, os hóspedes podem escolher uma entre 40 acomodações da categoria Luxo; e duas da Super Luxo, ambas com vista para o Mar de Muro Alto. Além disso, contam com amplos espaços e varandas.

Suíte Villa interna do Nanai

Para os mais exigentes, que prezam pela privacidade, o empreendimento conta com três opções de bangalôs – o Super Luxo, que reúne 39 unidades distribuídas entre piscinas e jardins; o Premium, com oito unidades de frente para a praia; e o Master, com dois duplex à beira-mar. Outra opção de acomodação é a Suítes Villa, inaugurada em janeiro de 2016. São quatro unidades independentes, voltadas para aqueles que buscam aconchego e sofisticação.

Super Luxo - Externa-Bangalô

Quem deseja um tratamento digno de rei não pode deixar de apreciar o Nannai SPA by L’Occitane, cuja decoração mescla elementos contemporâneos e regionais. O espaço é formado por nove salas de tratamentos, com saunas seca e úmida e gazebos para descanso, além de um circuito molhado com jatos para diferentes partes do corpo em piscina climatizada.

Salas de tratamentos

São oferecidos ainda serviços de hidroterapia como o banho suavizante de manteiga e máscaras corporais para reparar, nutrir e hidratar a pele, além de massagens relaxantes com óleos essenciais. Mas o diferencial é o ritual Nannai Signature, um tratamento especial, desenvolvido exclusivamente pelo resort, que usa a água de coco como um de seus ingredientes.

Restaurante Interno

A área de lazer completa a sensação de plenitude. Inclui um parque aquático com 6 mil m² de piscinas com raias, área para hidromassagem, quadras de tênis, golfe, salão de jogos, fitness, sauna e equipamentos para a prática de esportes náuticos. Já o restaurante do complexo, com vista harmoniosa para o Mar de Muro Alto, oferece diversas opções, com destaque para os pratos à base de frutos do mar e a seleta carta de vinhos.

Mais informações em: nannai.com.br e portodegalinhas.org.br

 

 

 

 

Adventure Sports Fair é porta de entrada para quem quer viver novas aventuras

•Outubro 15, 2018 • Deixe um Comentário

Aventura

 

Por Eíria Buso

 

Quem gosta de aventura, natureza e aprecia a vida outdoor, mas pouco conhece sobre os muitos destinos pelo mundo que oferecem os dois ao mesmo tempo, encontra na Adventure Sports Fair (ASF) a oportunidade do ano para descobrir e entender as diversas possibilidades que existem hoje para se aproximar da vida ao ar livre.

O evento, o principal de esportes e turismo de aventura da América Latina, é a porta de entrada para todos que desejam novas experiências envolvendo a natureza. A 19ª edição acontece entre os dias 19 e 21 de outubro, no Centro de Exposições São Paulo Expo, na Capital paulista.

Durante os três dias, os visitantes terão contato com os representantes de diferentes marcas, como Crosster, Garmin e Nautika, quando poderão tirar dúvidas sobre os equipamentos, os acessórios e as vestimentas necessários para expedições e sobre as particularidades de cada tipo de atividade. Conhecerão ainda as novidades e as tendências do mercado de aventura.

E para decidir a próxima viagem é só passar nos estandes dos destinos. São eles: as cidades de Socorro (SP), Búzios (RJ), Foz do Iguaçu (PR), Gonçalves (MG) e Córrego do Bom Jesus (MG) e os estados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Norte. Para representar a América do Sul, o Peru e o Chile. Confira a lista completa de expositores em adventurefair.com.br/expositores.

O evento também conta com atrações interativas que simulam os esportes de ação, ideais para aqueles que querem conhecer e praticar antes de fechar uma atividade de aventura. O Espaço Surf Allmada disponibilizará caiaques e pranchas de stand up paddle em um tanque de remada para lembrar a prática realizada em rios e mares.

Já o Clube Pedra do Baú de Voo Livre permitirá que todos vivenciem experiências nas alturas com o simulador de voo livre, grande novidade desta edição. Sem mencionar a famosa parede de escalada, o concorrido tanque de mergulho e a pista de curling, destaque da edição de 2017, que prometem diversão para toda a família.

Ainda, especialistas, atletas e aventureiros compartilharão as suas experiências em palestras e workshops durante o Adventure Congress e as Oficinas de Aventura, eventos simultâneos e abertos a todos que adquirirem o ingresso para a ASF. São mais de 100 temas, muitos deles focados ao público iniciante.

Pode-se aprender como se tornar um fotógrafo de aventura com o Alberto Andrich, da World Adventure Society; descobrir os melhores setores de escalada esportiva e tradicional do Brasil com Eliseu Frechou, do Montanhismus; e como começar no paraquedismo com Ricardo Pettená, da Skydive University.

Quem preferir, pode aprender as dicas do influenciador digital Ricardo Cardoso sobre viagens com pouco ou nenhum dinheiro. Ou, como realizar trilhas com crianças com a Marcia Tanikawa e o João Carlos Ismael Netto, do site Os Caminhantes; e conhecer os principais destinos nacionais para começar no turismo de aventura com Otávio Lino, da Pisa Trekking.

Os visitantes poderão ainda saber mais sobre iniciação ao mergulho com a Solana Ribeiro, da Scafo SP; como preparar um roteiro de aventura com a Silvia Reali e o Heitor Reali, do site Viramundo e Mundovirado; e até mesmo ter  um passo a passo para iniciar na corrida de aventura com Sergio Zolino, da Adventure Camp.

Os ingressos antecipados podem ser adquiridos a partir de R$ 17 no link adventurefair.com.br/ingressos . Já a programação do evento completa pode ser acessada em adventurefair.com.br/programacao2018.

Mais informações: adventurefair.com.br.

Aos pés da Mantiqueira, a mineira Caxambu pulsa história, cultura e natureza

•Outubro 11, 2018 • Deixe um Comentário

Caxambu- Panorâmica MG.jpg

Lugar onde a Princesa Isabel passou uma temporada em 1870, a cidade que faz parte do Circuito das Águas é cheia de vida e tem muitos “causos” para contar.

 

Por Fabíola Musarra

 

Caxambu é uma cidadezinha cativante do Sul de Minas Gerais. Como tantas outras pequeninas que se espalham de Sul ao Norte do Brasil, guarda cenários mágicos. Como o verde repleto de florezinhas multicoloridas que abraça as suas paisagens urbana e rural, as suas estreitas ruas de paralelepípedo e as águas termais, a sua maior estrela. Elas moram no Parque das Águas, onde 12 fontes esbanjam diferentes propriedades do líquido, dos que são úteis para combater os problemas do fígado ou de pressão arterial aos que favorecem a beleza e o rejuvenescimento.

 

Parque das Águas 1 (1).jpg

 

As águas estão ali disponíveis para qualquer um experimentar. Mas isso é só o começo. Situado aos pés do Morro de Caxambu, o parque guarda uma instigante preciosidade: um gêiser, o único existente no País. Só uma pergunta: você faz parte do seleto rol de privilegiados mortais que já viu um deles ao vivo e em cores? Não. Então, aproveite a rara oportunidade. É verdade que terá de ter paciência, mas isso nesta pacata cidade interiorana não tem a menor importância.

 

Caxambu-Parque das Águas -Foto Rodrigo Azevedo - Site Caminhos Religiosos da Estrada RealParque das Águas. Foto: Rodrigo Azevedo/Site: Caminhos Religiosos da Estrada Real

 

Temperamental, o gêiser surge apenas uma vez por dia, quando a explosão de seus gases subterrâneos impulsiona as águas e os vapores em jatos superfície acima a uma altura de até oito metros e a uma temperatura de 27º C, num hipnotizante ritual que fascina adultos e crianças. Nem tente perguntar o horário – disse que era intempestivo, não disse? Assim, o show pode acontecer em qualquer horário da manhã, tarde ou noite.

 

Gêiser PrefeituraO Gêiser Floriano Lemos se exibe no Parque das Águas. Ele é o único do Brasil.

 

Com tantos caprichos, você deve estar pensando que não terá a menor chance de assistir ao espetáculo oferecido por este emblemático deus da natureza. Está enganado! Enquanto a apresentação não acontece, aproveite que está em uma cidade do interior e entre no clima de um lugar onde tudo parece ter parado no tempo. Revista-se de paz, respire o ar puro das montanhas e reserve um dia de sua agenda para passar ao lado do gêiser, batizado como Floriano Lemos.

 

Parque das Águas em Caxambu - MG - Foto Wikimedia

 

Ele surge em uma colorida escultura de cogumelo, onde você vai poder ser “massageado” pelos seus impetuosos jatos de água e vapor. Acredite, vai valer muito a pena!  Se, depois disso, quiser aproveitar ainda mais dos benefícios das águas minerais caxambuenses, saiba que ali também funciona o balneário hidroterápico, com piscina térmica, banhos termais, massagens e terapias, como a hidroterapia e cromoterapia, por exemplo. Para desfrutar os serviços, terá de pagar uma pequena taxa.

 

Parque das Águas

 

Pelo balneário passou a Princesa Isabel nos tempos de Brasil Imperial. Aliás, a imperatriz que em 1888 assinou a Lei Áurea, dando um ponto final à escravidão no País, chegou à cidade em 1870 em busca da cura de sua infertilidade. A temporada em Caxambu e as suas imersões nas águas medicinais deram certo: em outubro de 1875, a princesa deu à luz ao primeiro de seus três filhos, Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança – o Príncipe do Grão-Pará.

 

Caxambu 1 - Parque das Águas -Foto Rodrigo Azevedo - Site Caminhos Religiosos da Estrada RealUma das fontes dos Parque das Águas. Foto: Rodrigo Azevedo – Site/Caminhos Religiosos da Estrada Real

 

Em agradecimento, a imperatriz e o seu marido, o Conde D’Eu, financiaram a construção da Igreja de Santa Isabel da Hungria, outro lugar que você pode conhecer na cidade. A igreja começou a ser construída em 1868, exibe arquitetura neogótica e tem um altar todo talhado em madeira com a imagem da santa. É tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais.

 

Sotaque da terra – Tão delicioso quanto os banhos termais é o “tiquim” de prosa que você vai ter com os moradores de Caxambu. Nas barraquinhas de artesanato existentes na lateral do Parque das Águas, nos passeios de charrete que de suas proximidades partem, nas lojas, nas farmácias, nos bares, restaurantes, hotéis… Enfim, em qualquer cantinho da cidade, você logo vai sentir o “jeitim mineirim” de ser e de receber dos caxambuenses. Sorridentes, sempre com um “causo” ou mais para contar, são muito prestativos e nem sabem o que fazer para te agradar.

 

Charrete - Foto TripAdvisor

 

“Trem danado de bão” também é a culinária mineira. Com seu cafezinho, pão de queijo, queijos (premiados) de diferentes tipos, feijão-tropeiro, tutu-de-feijão, pernil ou frango com couve, doces de leite e de frutas e cachaças. Hummm! Sabores irresistíveis. Mas, entre as tentações, uma que você só vai encontrar em Caxambu: o engana aquático, um biscoito que derrete na boca. Você pode comprá-lo na Feira de Orgânicos, que acontece aos sábados na Praça XVI de Setembro, ou nas lojas de queijos e doces, barraquinhas de beijus artesanais e no balaio das quitandeiras.

 

Praça  XVI de  Setembro - Foto Francisco Aragão.jpgA Praça XVI de Setembro, onde todos os sábados acontece a Feira de Orgânicos. Foto: Francisco Aragão

 

Impossível falar da gastronomia de Minas sem mencionar os tropeiros, homens que nos idos do Brasil colonial, principalmente nos séculos 17 e 18, saiam em tropas percorrendo os difíceis e acidentados terrenos tupiniquins a cavalo, transportando mercadorias em lombos de mulas e burros, para vendê-las em povoados localizados entre as regiões Sul e Sudeste. As viagens eram longas e os tropeiros precisam se alimentar durante o trajeto.

 

As facilidades dos tempos modernos, como o fogareiro, o isopor e a geladeira, não existiam e a comida não podia estragar. Assim, as tropas levavam para comer em suas paradas o feijão misturado à farinha de mandioca, torresmo, linguiça, ovos, alho, cebola e tempero. O prato básico do cardápio desses homens deu origem ao nome do feijão-tropeiro, numa referência direta aos integrantes das tropas.

 

Feijão Tropeiro

 

Passando dos sabores aos aromas, Caxambu está a quase 1.100 metros de altura acima do nível do mar. É circundada por montanhas e pelo verde da Serra da Mantiqueira, tem ar puro e o doce perfume de mata. Bucólica e cheia de glamour, oferece boa infraestrutura de lazer, serviços e hospedagem, desde pousadas aos hotéis tradicionais e bem familiares. Caso do União, que atualmente é comandado por Raul Spinelli, a terceira geração da família desde que o hotel foi inaugurado em 1943.

 

Hotel Uniao - Foto TripAdvisor

 

Não pense que por ter 75 anos, o empreendimento permaneceu no passado. Ao contrário. Com visual – interno e externo – repaginados, disponibiliza internet e seus 77 apartamentos são equipados com tevê a cabo, telefone, ar-condicionado e aquecimento central. Possui ainda piscinas adulto e infantil (são aquecidas no Inverno) com bar, salão de jogos, sala de leitura, salas de convenções e estacionamento. Seu restaurante mescla pratos com o melhor da comida mineira com os de gastronomia internacional.

 

Hotel União 1Caxambu Divulgação.jpg

 

Entre as vedetes do cardápio, destaque para as tradicionais receitas portuguesas, como o bacalhau, o caldo verde e os pastéis de Belém, e para as regionais, como o lombo de porco com tutu-de-feijão e o frango à mineira. As refeições são servidas pelos simpáticos garçons do hotel e você pode repeti-las quantas vezes conseguir. Mas, deixe um espaço para a sobremesa. No bufê, tortas e doces caseiros em compotas e em caldas e o delicioso (e famoso) queijo mineiro, preparado com leites selecionados.

 

Parque das Águas 1 (2).jpg

 

Bem legal do União também é que os funcionários da recepção podem te ajudar a explorar a região, fazendo roteiros com dicas para você conhecer algumas das atrações vizinhas. Entre as opções de tours: “Águas Mineiras” (em Caxambu e em São Lourenço), “Místico e Exótico” (São Tomé das Letras), “Histórico” (Tiradentes, São João Del Rei e Campanha) e “Religioso (Baependi e Aparecida do Norte/SP).

 

Caxambu - Circuito das Águas.jpgBucólica e charmosa, Caxambu é tingida pelo verde da Serra da Mantiqueira. Foto: Xapuri

 

Missão de fé – Baependi, por sinal, é um capítulo à parte, especialmente se você é católico. Fica a menos de 15 minutos de Caxambu e atualmente é ponto de parada obrigatório dos roteiros de turismo religioso comercializados pelas agências de viagens. Foi em seu solo que viveu Francisca de Paula de Jesus, a Nhá Chica (1810/1895). Filha de escrava, a menina morou na senzala até os 8 anos, mudando-se quando ainda pequena para Baependi.

 

Caxambu 24

 

Pobre, analfabeta e órfã  perdeu a mãe ainda na infância, aos 10 anos, quando teve de cuidar do irmão de 12 anos. Sua herança? A fé em Deus e uma pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição, deixada pela mãe. Humilde, a fervorosa devota da santa, ainda jovem, decidiu dedicar a sua vida em auxílio do próximo, a quem oferecia conforto, preces e orientações espirituais. Nunca se casou. A bondade com que acolhia sem distinção a pobres e a ricos se espalhou.

 

caxambu-Nhá ChicaA imagem de Nossa Senhora da Conceição, presente da  mãe para Nhá Chica, ainda está preservada no altar da casa onde ela morou em Baependi.

 

A cada dia, mais e mais fiéis a procuravam, pedindo orações e conselhos para solucionar as dificuldades. Com as contribuições que eles lhe davam depois de atendidos, Nhá Chica mandou construir uma capelinha em homenagem à Nossa Senhora da Conceição. No pequeno altar, a imagem da santa herdada da mãe. Pela sua inquebrantável fé em Deus e em Jesus e abnegação, à religiosa foram atribuídos muitos milagres.

 

Caxambu 30

 

Nhá Chica morreu aos 87 anos. Anos mais tarde, em 1998, foi beatificada pelo Vaticano. Hoje, a cidade preserva a casinha simples onde ela morou, com seus poucos e antigos móveis e objetos pessoais, e a capelinha, hoje transformada em um santuário, onde peregrinos de todos os cantos chegam em busca de sua intercessão, de esperança e também para agradecê-la pelas graças alcançadas. Ali também se encontram os seus restos mortais.

 

Caxambu 1

 

De volta a Caxambu, você pode voltar à infância e embarcar em uma mágica aventura: o teleférico. Ele percorre 760 metros e conduz ao pico do Morro de Caxambu, a aproximadamente 1.090 metros de altitude e a 186 metros acima do Parque das Águas. O passeio de 7 minutos e meio te dá direito a admirar a uma linda vista panorâmica da cidade e das montanhas da Serra da Mantiqueira.

 

Teleférico de Caxambu

 

Cortando o lago e a mata nativa é possível avistar toda a beleza do Parque das Águas e lá, em cima, visitar o Cristo Redentor, admirando o conjunto urbanístico da cidade e as irretocáveis paisagens que a abraçam. O teleférico funciona todos os dias das 9h às 18h e o ingresso custa R$ 20 por pessoa. Lá no alto, além dos cenários cinematográficos, um restaurante com o melhor da culinária mineira e lojas de artesanato e de doces e queijos caseiros te esperam. Uai, “ocê” precisa mais “di” quê?

 

SERVIÇO

Em Caxambu

Parque das Águas:  Rua João Carlos, 82, tel. (35) 3341-5107.

Igreja de Santa Isabel da Hungria: Rua Monsenhor João de Deus, 92, centro.

Teleférico: tel. (35) 3480-0278.

Hotel União: Av. João Pessoa, 284, tel. (35) 3341-3333, site www.hoteluniao.com.br.

Para  saber mais: www.vemvivercaxambu.com.br

 

Em Baependi

Casa e Santuário Nhá Chica: Rua da Conceição, 165, centro, tel. (35) 3343-1077, site www.nhachica.org.br. App disponível no Google Play: app.vc/nhachica.

 

 

São Paulo tem divertida programação para comemorar o Dia das Crianças

•Outubro 9, 2018 • Deixe um Comentário

No dia 12, personagens do espetáculo Que Monstro Te Mordeu? vão invadir a exposição do Centro Cultural Fiesp para brincar com a criançada. Uma oficina de confecção de bonecos e sessões extras da peça também entram na programação gratuita do feriado.

 

fiespstrip

 

As personagens do espetáculo infantil Que Monstro Te Mordeu? Lali, Umus, Dr. Z e Morgume sairão do palco do Teatro do Sesi-SP e invadirão A Monstruosa Exposição dos Monstros para interagir com os pequenos no dia 12 de outubro, feriado em que se comemora o Dia das Crianças e o de Nossa Senhora da Aparecida, a padroeira do Brasil. As “aparições” podem acontecer a qualquer momento, no período entre 10h e 17h, no Espaço de Exposições do Centro Cultural Fiesp, na Avenida Paulista.

 

Fiesp.jpg

 

A programação do Monstruoso Dia das Crianças é gratuita e também vai oferecer outra experiência para as crianças e também para os não tão pequenos assim: uma oficina de confecção de bonecos em dois horários: às 15h30 e às 17h.

 

Fiesp 2

 

Nas aulas, os atores-manipuladores vão ensinar os participantes a recriar um dos personagens do Monstruoso Mundo dos Monstros. As vagas são limitadas e os interessados já podem se inscrever no site do Centro Cultural Fiesp ( www.centroculturalfiesp.com.br). As vagas que não forem preenchidas serão oferecidas no dia e local do evento por ordem de chegada dos presentes.

 

Fiesp 3 (1)

 

E para quem ainda não viu ou quer rever as aventuras da monstrinha Lali, o espetáculo Que Monstro Te Mordeu? terá apresentações nos dias 12 e 13 de outubro (sexta-feira e sábado), às 11h e às 14h, e no dia 14 (domingo), às 14h. A montagem inédita do Sesi-SP, dirigida por Carla Candiotto, discute a temática da diferença e da tolerância.

 

Fiesp 4

 

A inspiração vinda da série televisiva Que Monstro Te Mordeu? (TV Cultura, 2014), criada por Cao Hamburger e Teodoro Poppovic, também deu origem à Monstruosa Exposição dos Monstros, que convida o público a conhecer os bastidores criativos do programa de TV e também da peça. Nela, as crianças também têm a oportunidade de desenhar as suas próprias criaturas e vê-las serem exibidas dentro no espaço expositivo. A mostra fica em cartaz até 28 de outubro.

 

SERVIÇO
Espetáculo Que Monstro Te Mordeu?
Sessões Especiais do Dia das Crianças: 12 e 13 de outubro, 11h e 14h. Domingo, dia 14, 14h.
Temporada: até 2 de dezembro de 2018 (sábados e domingos, 14h).
Local: Teatro do Sesi-SP, Av. Paulista, 1313, em frente à estação Trianon-Masp do Metrô.
Duração: 60 minutos.
Classificação indicativa: livre para todos os públicos.
Grátis. Reservas antecipadas de ingressos pelo site www.centroculturalfiesp.com.br. Ingressos remanescentes meia hora antes na bilheteria do teatro, no dia do espetáculo.

Ficha Técnica: Texto e Direção: Carla Candiotto | Colaboração Dramatúrgica: Cao Hamburger e Teodoro Poppovic | Elenco: Alexandre Scaldini, Bebel Ribeiro, Daniel Costa, Fernando Mariano, Gilson Ajala, Melina Menghini, Nilton Marques, Paulo Henrique, Sandro Gattone, Sidnei Caria e Thiago Toledo | Direção de Arte (cenografia, adaptação de bonecos e figurino): Marco Lima | Direção Musical: Marcelo Pellegrini | Iluminação: Wagner Freire | Gestão de Projeto e Produção: Marlene Salgado | Realização: Sesi-SP

A Monstruosa Exposição dos Monstros – últimos dias!
Visitação: até 28 de outubro de 2018
Horários: Terça a sábado, das 10h às 22h. Domingo, das 10h às 20h.
Local: Espaço de Exposições do Centro Cultural Fiesp, Av. Paulista, 1.313, em frente à Estação Trianon-Masp do Metrô.
Curadoria: Teodoro Poppovic
Classificação indicativa: livre para todos os públicos.
Agendamentos escolares e de grupos: ccfagendamentos@sesisp.org.br
Grátis. Informações em www.centroculturalfiesp.com.br

Oficina de Confecção de Bonecos – Grátis.
Data: 12 de outubro, 15h30 e 17h.
Carga horária: 60 minutos.
Faixa etária: a partir de 7 anos.
Local: Sala do educativo do Centro Cultural Fiesp (Av. Paulista, 1.313, em frente à Estação Trianon-Masp do Metrô. Grátis.
Inscrições e informações: www.centroculturalfiesp.com.br

Iniciantes e terceira idade também têm direto a aventuras radicais

•Outubro 7, 2018 • Deixe um Comentário

Off-road para iniciantes e para a terceira idade na Serra da Bocaina é o novo roteiro da MW Trekking. Para o feriado de 12 de outubro, a agência de ecoturismo lança o roteiro de 4×4 para aqueles que querem começar a explorar esta aventura.

 

Por Fabíola Musarra

 

Serra_da_Bocaina - Wikipedia

 

Tem medo de aventuras? Pertence à terceira idade? Gosta da natureza, mas acha que não tem condições físicas para acompanhar os trajetos sugeridos pelas agências de viagens? Pois, a MW Trekking, agência de ecoturismo, começou a realizar roteiros de trekking e, agora, está lançando o seu novo roteiro sobre rodas.

 

O off-road tem por objetivo treinar os novatos que compraram seu 4×4 nesta modalidade e que precisam aprender a dominar o veículo em obstáculos leves e travessias de rios. E a MW promove esta aventura para quem está começando a viver as emoções do off-road.

 

A programação de 12 a 14 de outubro é um misto de caminhadas e passeios fora de estrada com pequenos desafios para que cada participante possa começar a desenvolver suas próprias habilidades 4X4.

 

Com grau de dificuldade baixo, este programa é ideal para quem deseja relaxar e fazer pequenas caminhadas sem grandes esforços e curtir a natureza da Serra da Bocaina. Já no primeiro dia, acontece um passeio off-road até o Mirante da Torre e na sequência um pit-stop para apreciar o pôr do sol na Rampa de Decolagem de voo livre.

 

Cachoeira_Véu_da_Noiva - Serra da Bocaina

 

O segundo dia do roteiro começa cedinho, com um misto de passeio de off-road e trekking off-road com cerca de 15 km até um ponto de início da caminhada de 4 km à Cachoeira da Caroba. O tour inclui um piquenique e mergulho nas águas translúcidas da cachoeira, que é considerada o postal da cidade de Areias (SP), no circuito Caminho da Corte e pernoite na Pousada Mirante da Bocaina.

 

Serra_da_Bocaina, em Paraty(RJ), Saco de Mamanguá, Pico Pão de Açúcar

 

Fechando o último dia desta aventura, acontece o passeio de off-road de 12 km até a Cachoeira dos Pilões, para um relaxante mergulho, e o passeio continua visitando o antigo campo de aviação da Bocaina, para apreciar o visual do Vale do Asa Branca descendo a serra com  passagem pelo bairro dos Macacos, em Silveiras (SP), cidade que também contempla o circuito do Caminho da Corte.

 

Para saber mais sobre a programação e valores acessar o site: www.mwtrekking.com.br

 

Aproveite a primavera e vá visitar Trancoso, um dos destinos mais charmosos da Bahia

•Outubro 5, 2018 • Deixe um Comentário

Um dos lugares mais queridos do Nordeste brasileiro, a cidadezinha baiana está a 47 quilômetros de Porto Seguro e a 35 quilômetros de Arraial D’ Ajuda. 

 

 

Trancoso - Praia - Foto Pixabay.jpg

 

Trancoso recebe turistas o ano todo. Além de brasileiros e estrangeiros, o vilarejo é point de vips e celebridades – muitas delas têm casas lá. Não à toa. O lugar é cinematográfico. Quem conhece,  comprova. Badalada e ao mesmo tempo tranquila, a vila muda sua rotina, especialmente na alta temporada e nos feriados, quando o agito invade suas ruas. Se você foge das multidões, a melhor época para conhecer ou rever o povoado é agora, quando é primavera colore o Hemisfério Sul.

 

Trancoso1 - Wikipédia

 

 

Trancoso é um destino rústico-chique. Atualmente, tem pouco mais de 12 mil habitantes e faz parte do distrito de Porto Seguro. A pequena vila tem origem em uma aldeia jesuíta (a atual cidade de São João Batista dos Índios foi fundada em 1586). A vila começou a ser descoberta nos anos 70, quando a praia virou reduto dos hippies. Anos mais tarde, o lugar virou febre entre famosos. A partir daí, tornou-se em um dos destinos mais badalados do litoral baiano.

 

Trancoso - Wikimedia

 

O coração de Trancoso é a central Praça do Quadrado, onde tudo acontece. Além do mar de águas azuis-esverdeadas e da Mata Atlântica, ela é circundada pela Igreja de São João (erguida em 1656), campo de futebol e casinhas coloridas (leia-se, antigos casarões, um tesouro histórico considerado como um dos mais valiosos do Sul da Bahia.  Ao redor do Quadrilátero pulsam restaurantes, bares e as lojas de artesanato.

 

Trancoso - Restaurante - Foto Priscila Kamoi

A pequena Igreja de São João é quase tão antiga quanto o povoado: foi erguida em 1656 e conta com um mirante ao fundo, que oferece uma vista deslumbrante para o mar. Muitos turistas acordam cedo para ver o sol nascer à beira-mar, tirando fotos para guardar de recordação.

 

Praias – A vila conta com faixas de areia desde o centro até lugares mais afastados que merecem uma visita. Pertinho do Quadrado, as praias mais famosas são a dos Nativos e dos Coqueiros, com fácil acesso por caminhada. A primeira, com águas calmas e larga faixa de areia, abriga bares a beira mar, possuindo infraestrutura turística. Assim como a segunda, considerada a principal de Trancoso, por estar bem próxima do centrinho, que também conta com beach clubs e barracas para os turistas.

 

Praia do Rio Verde - Foto Rodrigo Soldon.jpgA Praia do Rio Verde, a 15 minutos do Quadrado. Foto: Rodrigo Soldon

 

Ainda próximo à vila, a 15 minutos do Quadrado, a Praia Rio Verde é mais sossegada do que as primeiras, apesar de também reunir barracas com espreguiçadeiras e serviços de qualidade. Outros destaques são as praias Itaquena, a preferida dos surfistas, a Barra do Rio Trancoso, que revela o encontro do rio com o mar, e de Itapororoca e Patimirim, que são mais desertas, perfeitas para quem quer fazer uma caminhada.

 

Para completar, a Praia do Espelho, a cerca de 20 quilômetros do centrinho de Trancoso é um cenário de paisagem imperdível. Listada entre as mais bonitas da Bahia, tem mar de águas cristalinas – que deram nome à praia -, variando entre tons de azul e verde, e uma combinação de falésias, corais e coqueiros que formam um cenário de tirar o fôlego. A praia também conta com estrutura de pousadas e bares para atender os turistas.

 

Praia do Espelho Wikipédia.jpg

 

Brilho e estrelas – O bom é que Trancoso ainda preserva o seu charme rústico, embora  já tenha sido visitada por Matthew McConaughey, Beyoncé e Kate Moss. Elba Ramalho (a moradora mais famosa) e Bruna Lombardi têm casa em Trancoso. Mas quem iniciou um processo de amor declarado a esse distrito de Porto Seguro foi a cantora Gal Costa – no início dos anos 80, ela morou por lá.

 

Há alguns anos, a casa da cantora foi transformada na Pousada Estrela D’Água, É uma das mais conceituadas da região, oferecendo aos hóspedes luxo, conforto e exclusividade. Localizada na Praia dos Nativos, a 600 m do Quadrilátero, disponibiliza 20 suítes e oito bangalôs.

 

Cercada pela Mata Atlântica e de frente para o Atlântico, conta ainda com piscina de borda infinita, deck com espreguiçadeiras, restaurante e bar de praia. A pousada faz parte da Associação Roteiros de Charme, respeitando as suas exigências e, sobretudo, as normas ambientais.

A maior parte dos turistas que vai a Trancoso chega de avião, a partir do aeroporto de Porto Seguro e pega um transfer ou aluga um carro. O melhor meio de locomoção no do vilarejo é a pé ou de moto táxi. Não se preocupe, é extremamente fácil percorrer o centrinho da vila em poucas horas de caminhada. Aliás, essa é a melhor dica para poder aproveitar todo o charme escondido nas estreitas ruelas.

Os pontos turísticos mais próximos de Trancoso são: Caraíva, a 1h30 de carro, e Arraial D’Ajuda e Porto Seguro, a 40 minutos ou 1 hora de carro, além da linda Praia do Espelho, a meia hora de carro.