Paraty tem festival da cachaça e muito agito

•Agosto 14, 2018 • Deixe um Comentário

Localizada na região sul do Rio de Janeiro, sendo considerada uma das pontas extremas deste Estado, a histórica cidade fluminense promove um alegre “tributo” à bebida, que é um ícone mundial da identidade cultural e gastronômica brasileira.

 

Por Fabíola Musarra

  

Rua de Paraty - Foto Florian HöferRua com casarões coloniais do centro histórico de Paraty. Foto: Florian Höfer/Wikimedia

 

De 16 a 19 de agosto, a linda Paraty, no Rio de Janeiro, recebe a 36ª edição do Festival da Cachaça, Cultura e Sabores de Paraty. O evento acontece no areal do Pontal, reunindo pelo cinco dos principais alambiques da região de Paraty, Coqueiro, Corisco, Engenho D’Ouro, Paratiana e Pedra Branca.

O bairro do Pontal - Foto Ricardo Gaspar (1)O bairro do Pontal abriga duas atrações turísticos da cidade: a Praia do Pontal, com seus quiosques e barquinhos, e o Forte Defensor Perpétuo. Foto: Ricardo Gaspar

 

Com entrada gratuita, o evento tem como meta valorizar a produção local da cachaça, que tem sua origem no século 16. Outro objetivo é prestigiar os métodos de produção desta bebida que é uma das principais expressões da identidade gastronômica e cultural brasileira, além de incentivar a divulgação da cultura e da culinária caiçaras, a partir de diversas atividades culturais e gastronômicas.

Festival da Cachaça Cultura e Sabores de Paraty - Foto Ricardo GasparO evento, que é realizado desde 1983, tem cachaça, cultura caiçara e quilombola e pratos típicos de Paraty e diversificada programação musical. Foto: Ricardo Gaspar

 

Além de um espaço de convivência e gastronomia para a degustação de produtos típicos da região, a praça de alimentação contará ainda com 12 quiosques, três Food Trucks e duas Food Bikes. Além dos comes e bebes, o festival terá ainda uma animada programação musical, com pelo menos oito shows gratuitos. No eclético repertório da iniciativa, músicas ligadas à cultura caiçara e quilombola, cirandas, jongos, danças tradicionais, sertanejo, pop rock, chorinho, MPB, samba e soul.

 

Realizado desde 1983, quando foi batizado com o nome Festival da Pinga, é um dos eventos mais tradicionais da cidade, atraindo um grande número de turistas. Nos últimos anos, o evento vem passando por processos de requalificação em sua estrutura e funcionamento, cenografia e programação, num esforço conjunto da Secretaria de Turismo e Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça de Paraty (Apacap).

 

Confira a programação:

Quinta Feira – dia 16 de agosto

20h: Ciranda de Tarituba

22h; Frank Cadilac

Sexta Feira – 17 de agosto  

17h: Jongo do Campinho
21h: Samba de Rosena
23h: João Pedro e Fabiano

Sábado – dia 18 de agosto

17h: Ciranda de Tarituba
21h: Soul Batuque
23h: Grupo Aglomerou

Domingo – dia 19 de agosto

13h: Bebeto e os Chorões
17h: Juarez e Banda
21h: Moreira Júnior

* DJ Ricardo Braz todos os dias a partir das 15h.

 

Anúncios

Arte urbana? Só mesmo em Berlim!

•Agosto 13, 2018 • Deixe um Comentário
Mural Fest
Mural Fest Berlim. Site: © visitBerlin, Foto: Dirk Mathesius

 

Por Fabíola Musarra

 

Todas  as grandes metrópoles são tingidas por murais,  exibindo cores e  traços de seus artistas nativos. Berlim não é exceção. Porém, a capital da Alemanha é única e está na vanguarda: acaba de anunciar o lançamento da Urban Art Week 2018, uma semana inteiramente dedicada à arte de rua e arte urbana. A iniciativa acontece em setembro, do dia 5 ao 9, quando começa a temporada artística mais agitada do ano na metrópole alemã, com a  chegada em Berlim de colecionadores, curadores e amantes de arte do mundo inteiro.

 

É bom saber que a divulgação da arte urbana não é uma iniciativa inédita em Berlim – quando o assunto é arte,  a cosmopolita cidade alemã sempre se “reinventa”. No ano passado, por exemplo, a cidade inaugurou o primeiro museu de arte urbana do mundo. Agora, em setembro, outra inovação: a capital alemã será palco daquela que também será a primeira Urban Art Week do planeta, dedicando espaços independentes e galerias de arte toda a cidade aos visitantes que desejem conhecer e vivenciar (ao vivo e em cores) a arte urbana da Alemanha.

 

Na prática, isso significa que ao mesmo tempo em que as já tradicionais e renomadas galerias de arte de Berlim convidam o  público para vernissages, novos espaços de exposição estão abrindo suas portas pela primeira vez, a fim de que os interessados conheçam a arte urbana da capital alemã. Paralelamente a Urban Art Week, a metrópole inaugura uma nova casa de shows.

 

Mural_Fest_BerlinPioneirismo: este ano, Berlim estreia a Urban Art Week e Berlin Art Week. Site: ©visitBerlin. Foto: Dirk Mathesius

 

Todas essas novidades surgem este ano em um novo formato. A programação da Urban Art Week, por exemplo, ocupará espaços em cada um de todos os 12 distritos de Berlim, oferecendo interação com os artistas  alemães e internacionais, além de oficinas de grafite e de escrita digital. A semana também conta com conferências, simpósios, programação de filmes e diferentes workshops. Se ficou interessado, pode obter mais informações no site urbanartweek.de

 

Felix Rodewaldt - Making of im GOLVET
Foto: © Shuto Crew

 

SeaWorld Orlando promove a segunda edição do festival Praise Wave

•Agosto 11, 2018 • Deixe um Comentário

Por Fabíola Musarra

FestivalDuncan Phillips, Jeff Frankenstein, Michael Tait e Jody Davis, da banda de pop rock Newboys. Foto: Divulgação

 

Vai viajar para Orlando, nos Estados Unidos, no mês que vem? Então, essa dica pode te interessar: nos dias 15 e 22 de setembro, o SeaWorld Orlando será palco da segunda edição do festival de música cristã Praise Wave, que já se tornou um dos preferidos do público.

A programação do evento é integrada por shows e performances musicais ao vivo de grandes nomes da música cristã em um clima de amizade e celebração.  Entre as atrações musicais estão:

Sábado, 15 de setembro:  Autor de livros best-sellers e ator aclamado, Michael W. Smith continua a encantar o público com seus mais de 15 milhões de álbuns vendidos. Em sua carreira, já foi premiado com três Grammy, 45 Dove e um American Music Award.

Sábado, 22 de setembro: Com uma carreira de mais de 20 anos, os Newboys já venderam mais de oito milhões de álbuns, além de terem acumulado oito certificados Gold. Não é só. O grupo já ocupou por 33 vezes em primeiro lugar nas paradas do rádio, recebeu quatro indicações ao Grammy e múltiplos prêmios Dove.

O repertório dos Newboys é bem eclético, transita entre vários estilos de música, do rock ao pop e dance. Por isso, a banda formada na Austrália em 1985 agrada todos os tipos de fãs, sendo hoje uma das mais populares e performáticas da música cristã contemporânea.

Se ficou interessado, anote: os shows acontecem às 13h30 e às 16h, no Teatro Nautilus, e já estão incluídos no ingresso regular do parque. É possível adquirir um pacote com assentos reservados para os shows no site https://seaworld.com/orlando, onde você também pode conferir as demais atrações do parque.

Conhecer o Pantanal e as Cataratas do Iguaçu vai ficar mais fácil

•Agosto 9, 2018 • Deixe um Comentário

A partir de dezembro, os dois dos mais fascinantes ecossistemas brasileiros estarão interligados por voos diretos.

 

Por Fabíola Musarra

Cataratas do Iguaçu - Foz do Iguaçu - Foto WikimediaAs Cataratas do Iguaçu, na fronteira entre Brasil e Argentina, detêm o recorde de maior queda de água em volume do mundo, com cerca de 270 cachoeiras de 60 a 82 m de altura.

 

A Azul Linhas Aéreas já está comercializando o novo voo direto entre Campo Grande,  a capital do Estado de Mato Grosso do Sul, e a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. A frequência que vai conectar diretamente dois dos mais importantes polos de ecoturismo do Brasil começa a operar na segunda quinzena do mês de dezembro, facilitando a entrada de turistas estrangeiros que embarcam na cidade paranaense para conhecer as irretocáveis belezas sul-mato-grossenses, como o Pantanal e Bonito.

Gruta do Lago Azul em Bonito    Gruta do Lago Azul em Bonito, no Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Wikimedia

Com saídas diárias às 19 horas, o voo AD9090 fará o trecho Campo Grande (MS) a Foz do Iguaçu (PR), enquanto o voo AD9091 fará o trajeto inverso, partindo de Foz do Iguaçu rumo a Campo Grande, com saídas às 8h30. Mato Grosso do Sul é uma das casas do Pantanal no Brasil. Guardião de uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais e espécies de fauna e flora do planeta, o Pantanal é um Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco e um dos ecossistemas mais ricos do planeta.

Tamanduá

Berçário e um gigantesco laboratório de pesquisas para a preservação de espécies ameaçadas de extinção, o Pantanal estende-se aproximadamente 228 mil quilômetros quadrados pelos territórios do Mato Grosso (região sul), Mato Grosso do Sul (noroeste), Paraguai (norte) e Bolívia (leste). Mato Grosso do Sul  é o detentor da maior parte desse ecossistema brasileiro, com cerca de 140 mil quilômetros quadrados, o que corresponde a 1,5 vezes o tamanho de Portugal ou – se preferir – o da Bélgica, da Suíça, da Holanda e de Portugal juntos.

tuiuiu

Paraíso para os observadores e fotógrafos da fauna e flora, o Pantanal sul-mato-grossense não só oferece boa infraestrutura de hotéis, de serviços e atendimento aos turistas como também investe na conscientização ecológica e na preservação das tradições da cultura do homem pantaneiro. Em 2015, foi eleito o quarto melhor destino para apreciação de vida selvagem no mundo.

Boiada sendo conduzida pelos pantaneiros

Por sua vez, Foz de Iguaçu, no Paraná, é o terceiro destino mais visitado por estrangeiros no País e o primeiro da região sul. Não por acaso. A encantadora cidade paranaense é conhecida internacionalmente pelas exuberantes e lindíssimas Cataratas do Iguaçu, uma das vencedoras do concurso que escolheu as Sete Maravilhas da Natureza.

Além do Parque Nacional Iguaçu e da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e primeira em geração de energia, Foz de Iguaçu abriga ainda o Marco das Três Fronteiras, uma homenagem ao Paraguai e a Argentina, países ao lado dos quais integra a tríplice fronteira.

Marco das Três Fronteiras    Marco das Três Fronteiras em Foz do Iguaçu, no Paraná. Foto: Divulgação

Sonho – Antiga reivindicação do trade turístico de Mato Grosso do Sul, o novo voo da Azul Companhia Aérea é o primeiro resultado das negociações iniciadas com as companhias aéreas no primeiro semestre deste ano na WTM/LA, em São Paulo, uma das principais feiras de turismo da América Latina.

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), Bruno Wendling, a concretização dessa meta apenas foi possível graças aos esforços feitos em conjunto pela entidade que preside e a Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, do Paraná.

Quati em Parque Nacional de Foz do Iguaçu - Foto Wikimedia    Quati, um dos “moradores” do Parque Nacional de Foz do Iguaçu. Foto: Wikimedia

“Com o início da operação da Azul Linhas Aéreas, esperamos obter um aumento de 20% do fluxo de turistas em nosso Estado, principalmente os visitantes vindos do Exterior, que até agora somente tinham a acesso a Mato Grosso do Sul pelas rodovias que interligam a cidade paranaense de Foz do Iguaçu a sul-mato-grossense Campo Grande”, finaliza o diretor-presidente da Fundtur-MS.

 

7 festivais para você comer bem e explorar um mundo de sabores nas férias

•Julho 11, 2018 • Deixe um Comentário

Experimentar receitas regionais é bom. Viajar, ainda melhor. Juntar as duas atividades é perfeito. Conheça algumas cidades brasileiras onde você pode fazer isso em julho.

 

Por Fabíola Musarra

 

Búzios - Foto  Istock - Ekaterina Belova.jpg

De olho nas férias escolares de julho, quando muita gente viaja, muitas cidades do Brasil são palco de irresistíveis festivais gastronômicos durante este mês, atraindo com delícias doces e salgadas um número maior de turistas à região. E eles chegam de diferentes lugares atraídos por receitas típicas e diferenciadas, preparadas com aromas e sabores tradicionais e, muitas vezes, inovadores.

 

O resultado da criatividade na cozinha brasileira surge em pães, doces, embutidos, vinhos, cervejas e cachaças… Paralelamente ao colorido mundo da gula, os festivais são ainda a oportunidade de assistir shows e participar de workshops gratuitos e experimentar a cozinha gourmet, além de oferecerem a possibilidade de conhecer o artesanato local e de disporem espaço para criançada se divertir. Confira alguns deles:

 

ATIBAIA – SÃO PAULO

Morangos - Atibaia - Foto Atibaia Connection

De 17 de julho a 17 de setembro, a cidade do Interior do Estado de São Paulo promove a segunda edição do festival gastronômico que tem no morango sua principal vedete. A iniciativa conta com a participação de restaurantes, bares, pizzarias, cafeterias e docerias do município paulista, apresentando aos presentes a diversidade gastronômica de Atibaia.

Acepipes de Morango do Seo Dito Bar e Restaurante - Atibaia (SP) - Foto Estilo Vip.jpg

São aromas e sabores que podem ser experimentados em entradas, pratos e sobremesas nos estabelecimentos participantes. Informações sobre o festival pelos telefones da Secretaria de Turismo: (11) 4414-0400 e 4411-7577 ou pelo e-mail: turismo@atibaia.sp.gov.br.

 

BÚZIOS – RIO DE JANEIRO

Búzios (RJ) - Foto Portal Veneza

De 13 a 15 de julho, Búzios é o lar de um dos principais festivais gastronômicos do Estado do Rio de Janeiro. Em sua 17ª edição, o evento tem a participação de 80 restaurantes da cidade, oferecendo receitas em porções de degustação a preços convidativos, com entradas e sobremesas a R$ 15, e pratos principais a R$ 22. O festival tem espaço para família, programação infantil e pratos veganos, vegetarianos e funcionais.  Informações: http://www.festbuzios.com.br.

 

BARRA DA TIJUCA – RIO DE JANEIRO

Produtos da Roça - Foto Sítio São João.jpg

De 19 a 22 de julho, a Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, promove o Sabores da Roça Downtown. O evento acontece no Shopping Downtown (Av. das Américas, 500) e reúne pequenos produtores rurais da Região Sudeste do Brasil, apresentando ao público as iguarias e os produtos típicos da roça.

PaesTortas - Foto Bolos da Vovó.jpg

Queijos, pães, doces, embutidos, vinhos, cervejas e cachaças são apenas algumas das delícias preparadas artesanalmente. Workshops gratuitos, cozinha gourmet, shows e exposição de artesanatos completam o cardápio. O festival tem ainda um espaço destinado à garotada.

 

ITACARÉ – BAHIA

A quinta edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré acontece entre 12 e 15 de julho, envolvendo cerca de 40 estabelecimentos baianos. No evento, restaurantes, bares e demais empreendimentos participantes apresentam pratos, petiscos, lanches, sobremesas e drinques preparados com produtos da agricultura local.

Itacaré  (BA) - Foto por iStock - DrC_Photography.jpg

Durante o festival, o público pode interagir com chefs convidados na preparação de pratos regionais. Para aquecer o inverno, shows musicais e feiras gastronômica e de agricultura familiar. Informações sobre a programação: http://www.itacare.com.br/itacare/megapage.php?adid=1617&what=5º+Festival+Sabores+de+Itacaré&lang=pt.

 

CARRANCAS – MINAS GERAIS

Cacheiras em Carrancas - Foto Trem das Gerais.jpg

Conhecida por suas exuberantes serras, grutas e  cachoeiras, a cidade do Sul de Minas Gerais se prepara para sediar a oitava edição do Festival de Gastronomia e Cultura de Carrancas. A iniciativa será realizada de 18 a 22 de julho, na Praça Manoel Moreira, Centro.

Carrancas

Além da degustação de pratos regionais, estão previstos shows musicais, workshops, espaço kids, espaço gourmet e apresentações do folclore local. Informações sobre a programação do festival podem ser obtidas no site http://www.gastronomiaemcarrancas.com.br.

Comida da roça - Carrancas (MG)

 

 

POMERODE – SANTA CATARINA

Pomerode (SC) - FotositeRodocide_1

Até o dia 15 de julho, a cidade catarinense considerada como a mais alemã do Brasil e possuidora de cenários bucólicos com casas em estilo enxaimel sedia o seu tradicional festival de gastronomia. O evento, que acontece há 14 anos, apresenta receitas que retratam a moderna gastronomia da Alemanha.

Pomerode (SC) - Foto Pinterest

Além das tentações gastronômicas, o evento tem ainda shows musicais, feira de artesanato, venda de pães e cucas assados em forno à lenha, chocolates e biscoitos. Informações: http://www.pomerode.com.br.

 

SÃO FRANCISCO DO SUL – SANTA CATARINA

Pelo oitavo ano consecutivo, o município mais antigo de Santa Catarina realiza o seu festival gastronômico. Ele acontece entre os dias 19 e 22 de julho, quando 20 estabelecimentos locais apresentam uma variedade de sabores com base na gastronomia típica desta cidade litorânea.

São Francisco do Sul - Santa Catarina - Foto Armando Magalhães - Guia Viajar  Melhor.jpg

São receitas inspiradas no oceano e preparadas, sobretudo,  com frutos de mar e com ostras – há muitas fazendas de cultivo do molusco na região. Quem for até lá, pode experimentar pratos salgados, doces e sobremesas, além de degustar vinhos, espumantes e chopes artesanais. Anote o endereço: Terminal Marítimo de Passageiros, Rua Babitonga nº 62, Centro Histórico.

Camarões e Lagosta - Foto Pixabay.jpg

 

Atrações culturais aquecem o Inverno no Triângulo das Serras paulista

•Julho 6, 2018 • Deixe um Comentário

Além de paisagens floridas e tingidas por montanhas e araucárias verdinhas, uma nova programação cultural está agitando o calendário de julho de três cidades da Serra da Mantiqueira paulista.

Por Fabíola Musarra 

Araucárias gigantes.jpg

 

Se você está pensando em curtir o frio nas badaladas cidades de Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira, no Estado de São Paulo, saiba que, além do tradicional Festival de Inverno de música clássica e concertos, a agenda cultural da região tem novas atrações.

Em julho, o centro das atenções é o Festival de Música Erudita, cujo principal palco é o Auditório Claudio Santoro.

Elas foram idealizadas pelo Espaço LuzAzul Arte & Design da Mantiqueira com intuito de celebrar a estação mais fria do ano e de incentivar novos conhecimentos e amizades entre os participantes. Assim, desde junho, a nova programação cultural vem agitando os dias de Inverno destas três cidades serranas. E a recém-lançada agenda agora prossegue  com a realização de mais um evento bem legal.

LuzAzul2

Ficou interessado? Então, anote: em julho, a LuzAzul é o o palco onde será realizada a Oficina dos Sentidos. A sede da empresa fica no Circuito Turístico do Bairro dos Mellos, no chamado Triângulo das Serras, entre Campos do Jordão (15 km do centro), Santo Antônio do Pinhal (26 km) e 35 km de São Bento do Sapucaí.

A oficina será  realizada no dia 14, às 17h30, sob o comando de Eduardo Miguel e do chef e sommelier do Empório dos Mellos, Francisco Lima. Premiado no Brasil e no Exterior, Eduardo Miguel vai compartilhar com você e com os presentes os conhecimentos que tem sobre o tema, mostrando ainda a habilidade em extrair a fragrância característica de cada madeira.

Uvas e vinhos - Foto Pixabay.jpg

Por sua vez, o chef Lima, que há mais de uma década se dedica a difundir a cultura do vinho, vai te ensinar e aos participantes a reconhecer o aroma e o gosto da madeira nos vinhos que serão provados nesta degustação em que o olfato e o paladar são instigados a descobrir as semelhanças e diferenças entre tipos de madeira e vinhos brasileiros.

Produção de vinhos na Mantiqueira - Foto Senac

Na mini-aula, Lima também vai apresentar os vinhos de colheita de Inverno que estão sendo produzidos na região da Mantiqueira. A oficina custa R$ 90 por pessoa. E é preciso fazer reserva antecipada pelo telefone (11) 94122-7711.

Placa  LuzAzul.jpg

Arte e design – E se você é amante de objetos de arte e design e gostaria de conhecer trabalhos exclusivos de artistas que vivem na região da Mantiqueira, saiba que o Espaço LuzAzul mantém uma exposição permanente de peças de artistas premiados, como Morito Ebine, Eduardo Miguel, André Marx, André Wagner, Cinthya Gavião, Gabriela Rossi, Marisa Moualle e também de outros em ascensão.

Peças artesanais.jpg

O espaço abriga objetos charmosos e de qualidade para todos os bolsos, desde móveis em madeira, mesas, cadeiras, esculturas, luminárias, gravuras, cerâmicas até peças de decoração feitas em lã e em fibras naturais, entre outros itens que valorizam com criatividade a beleza do material utilizado, geralmente reciclado ou encontrado no meio da natureza. Os preços variam de R$ 20 a R$ 10 mil reais.

SERVIÇO

Programação de Inverno LuzAzul

Dia 14, sábado, às 17h30:  Oficina dos Sentidos com Eduardo Miguel e chef Francisco Lima.

Degustação de vinhos e madeira: R$ 90 por pessoa

Espaço LuzAzul – Rua Elídio Gonçalves da Silva 1747, Bairro dos Mellos, em frente ao Empório dos Mellos, Campos do Jordão (SP). Funciona aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h. Em julho, alta temporada, abre também às sextas-feiras.

Para obter mais informações, acesse www.facebook.com/LuzAzul-arte-design-da-Mantiqueira

Aproveite a férias escolares e vá conhecer a cultura dos imigrantes italianos e as vinícolas de Bento Gonçalves

•Julho 3, 2018 • Deixe um Comentário

O passeio de Maria Fumaça é uma das principais atrações da serra gaúcha. Mas a região situada ao extremo Sul do País guarda ainda muitas outras boas surpresas. É embarcar na aventura e comprovar!

Por Fabíola Musarra

Serra Gaúcha.jpg

 

Possuidora de paisagens surreais e gastronomia de primeira, a “Região Uva e Vinho” da Serra Gaúcha é ainda um efervescente caldeirão cultural onde descendentes dos imigrantes italianos vivem e preservam as tradições de seu país. Integrada por 47 municípios, a região também abriga a maioria das vinícolas do País – o cultivo de uvas está presente na rotina de grande parte dos moradores, que até hoje preservam os costumes dos colonizadores vindos da Itália no final do século 19.

Não faltam roteiros para quem deseja conhecer de perto um pouco sobre essa vibrante cultura, incluindo os que oferecem pequenas aulas sobre as etapas da produção de vinhos e dão direito à degustação de diferentes tipos da bebida preferida de Bacco. Afinal, pela região espalham-se 83 vinícolas, desde pequenas cantinas familiares até empresas tradicionais. Os “Sabores da Serra” e “L’Essenza del Vino – Conhecendo o Vale dos Vinhedos”, disponibilizados pela Giordani Turismo, são alguns desses tours.

Colheita.jpgFoto: Luiz Chaves

 

O primeiro começa com uma visita à Vinícola Cainelli, uma casa fundada em 1929 e transformada em um museu interativo. Em seu interior, por meio de registros históricos, você pode se integrar sobre a trajetória dos primeiros imigrantes vindos à cidade de Bento Gonçalves. Em seguida, é a vez de conhecer e ter uma aula prática na Oficina de Capeletti. Ao som da cantoria das nonas italianas, você é apresentado à arte de produzir o capeletti, aprendendo a fazer a massa, a recheá-la e fechá-la.

Enquanto a sopa é preparada, na parte externa da vinícola, acontece o Sapeco de Pinhões –  uma legítima forma de preparo da semente pelos imigrantes italianos, quando os pinhões são colocados em meios às grimpas com fogo e sapecados para a degustação. Encerrando a programação, acontece a degustação da sopa feita com auxílio das nonas. Em seguida, é possível fazer uma caminhada e comprar mimos para dar de presente  no comércio local.

 

uvas 1

A bordo do trem – Tendo como proposta explorar uma das mais  importantes regiões produtoras de vinhos brasileiros, o Vale dos Vinhedos, no interior de Bento Gonçalves, o roteiro “L’Essenza del Vino – Conhecendo o Vale dos Vinhedos” já tem saídas marcadas até o final deste ano: o próximo passeio a bordo no exclusivo vagão 219 da Maria Fumaça da Serra Gaúcha acontece no dia 7 de julho, às 14h e às 16h – cada horário recebendo 40 passageiros.

Ao embarcar na locomotiva, você vai receber um kit integrado por taça personalizada e produtos típicos da região. Esse “cardápio” foi elaborado com critério para que os itens  selecionados sejam harmonizados com os vinhos e espumantes que você degustará ao longo dos 23 quilômetros do percurso do trem – entre as estações de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa.

A experiência em Maria Fumaça pelo mundo dos vinhos é conduzida por um enólogo ou sommelier convidado. Além da degustação, durante a viagem, você aprende a história e as peculiaridades do Vale dos Vinhedos enquanto aprecia pela janela do trem as memoráveis paisagens da “Região Uva e Vinho”. A viagem tem trilha sonora interpretada ao vivo dentro do vagão.

Ficou interessado?  Saiba ainda que Bento Gonçalves e a linda região serrana do Rio Grande do Sul possuem uma excelente infraestrutura turística (você pode obter mais informações no site http://www.serragaucha.com), contando com opções de hospedagem e de restaurantes para todos os bolsos e gostos. Pode ter a certeza de que conhecer a “Região Uva e Vinho” vai ser uma experiência inesquecível. Bom embarque!

 

SERVIÇO

“L’Essenza del Vino – Conhecendo o Vale dos Vinhedos”

Próximo embarque: 7 de julho, (sábado), às 14h e às 16h

Valor: R$ 189 por pessoa

Futuras saídas: 14 de julho, 11 de agosto, 15 de setembro, 13 de outubro, 10 de novembro

Mais informações, acesse www.giordaniturismo.com.br