Aéreas anunciam retomada de voos internacionais no Brasil

Depois de terem suspendido parcial ou totalmente os voos internacionais, as companhias aéreas estão gradualmente voltando a operar algumas rotas. No Brasil, a exceção são os voos para os Estados Unidos, país que recentemente anunciou a suspensão da ligação aérea com o País devido à pandemia de coronavírus (não há data marcada para o fim dessa restrição, que depende da evolução no combate ao Covid-19 no território nacional). Confira os planos das empresas aéreas para a retomada de frequências no País.

Avião no céu - 640 pixels Foto iStock TravellinglightFoto: iStock/Travellinglight

 

AEROLÍNEAS ARGENTINAS – As operações deverão ser retomadas no  dia 1º de julho. Os voos entre Buenos Aires (Argentina) e São Paulo (SP) estão programados para recomeçar com três frequências diárias, partindo do Aeroporto de Guarulhos para Ezeiza. Já a rota lingando o Rio de Janeiro e a capital argentina terá duas frequências diárias. O mesmo acontecerá com a rota Porto Alegre/Buenos Aires, também com duas frequências diárias. A operação sazonal entre São Paulo e Bariloche (Argentina) volta a ter dois voos semanais, às quartas e aos sábados.

AEROMEXICO – Retomará os voos entre São Paulo e a Cidade do México em 1º de julho.

AIR CANADA – A ligação direta entre São Paulo (SP) e Toronto (Canadá) será retomada em 25 de junho. Os voos diários partem do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP).

AIR EUROPA – Prevê a retomada das operações São Paulo/Madri e Recife/Madri para o dia 1º de julho.

AIR FRANCE – Opera três voos entre Paris (capital francesa) e São Paulo (SP) e o voo semanal Rio de Janeiro/Paris. A operação para Fortaleza (CE) segue suspensa.

AIR NEW ZEALAND – Até o final de junho, fará ajustes em suas operações, devendo, inclusive, suspender permanentemente voos para alguns destinos.

ALITALIA – Os trechos partindo de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) com destino ao aeroporto de Roma (Itália) deverão retornar no dia 2 de julho.

Alitalia - 640 pixels Foto PinterestFoto: Pinterest

 

AMASZONAS – A companhia está operando para Bolívia, partindo de Foz do Iguaçu (PR) e Rio de Janeiro (RJ), além da recém-lançada frequência ligando São Paulo (SP) e Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com três voos semanais. Em julho, essa rota passará a ter voos diários.

AMERICAN AIRLINES – Os voos diários entre São Paulo (SP) e Miami (EUA) estão suspensos em função da restrição imposta pelos Estados Unidos à entrada de brasileiros no país.

AVIANCA – A empresa aérea deverá retomar as ligações entre São Paulo(SP) e Bogotá e entre o Rio de Janeiro (RJ) e a capital colombiana em 1º de setembro.

AZUL – Os voos para Orlando (EUA) estão suspensos, assim como os inaugurais que ligariam Campinas (SP) a e Fort Lauderdale (EUA). A companhia mantém uma frequência semanal para Lisboa, em Portugal.

BRITISH AIRWAYS – A companhia aérea está operando voos diários entre Rio de Janeiro (RJ) e Londres (Inglaterra), e São Paulo (SP) e Londres (Inglaterra).

CABO VERDE AIRLINES – A companhia prevê a retomada do voo entre Recife (PE) e Ilha do Sal, a partir de 31 de julho.

COPA AIRLINES – Permanece com suas operações foram suspensas até 26 de junho.

DELTA – Com o decreto de Donald Trump que restringe a entrada de brasileiros nos Estados Unidos, a companhia não tem previsão de retorno dos voos de Atlanta para São Paulo e nem de outras rotas que interligavam os dois países.

Emirates - 640 pixels Foto iStock Boarding1NowFoto: iStock/Boarding1Now

 

EMIRATES – Deverá retomar as operações de Dubai para São Paulo em 2 de julho, com quatro frequências semanais. A partir de 14 de julho, a operação deverá ser diária. A retomada dos voos do Rio de Janeiro está programada para 2 de agosto, com quatro frequências semanais até 31 de agosto. A partir de então, também haverá a possibilidade de se tornar diária.

ETHIOPIAN – Desde o dia 28 de maio, disponibiliza voos entre o Aeroporto de Guarulhos (SP) e Adis Ababa, capital da Etiópia. A rota entre São Paulo (SP) e Buenos Aires (Argentina) segue suspensa e sem previsão para o retorno.

FLYBONDI – A retomada da rota entre São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) a Buenos Aires (Argentina) está prevista para 2 de setembro, enquanto o trecho entre Porto Alegre (RS) e a capital argentina deverá voltar a operar em 1º de setembro.

GOL – Está operando para alguns destinos do País, incluindo para cidades com crescente aumento de casos de coronavírus.

LATAM – Ainda analisa a retomada gradual de suas atividades e a volta de seus voos internacionais. Devido à restrição do governo dos Estados Unidos à entrada de viajantes vindos do Brasil, segue ajustando a frequência dos voos operados entre o Aeroporto de Guarulhos (SP) e Miami (EUA).

KLM – Oferece duas frequências semanais ligando o Rio de Janeiro (RJ) e Amsterdã (Holanda), além de um voo extra ligando São Paulo (SP) e o Aeroporto de Schiphol, com três frequências semanais. Os voos para Fortaleza (CE) seguem suspensos.

Lufthansa-iStock-Jozsef-SoosFoto: iStock/Jozsef Soos

 

LUFTHANSA GROUP – Desde o dia 1º de junho, aumentou a frequência ligando São Paulo (SP) e Frankfurt  (Alemanha), oferecendo cinco voos semanais entre as duas cidades, com decolagem às segundas, terças, quintas, sábados e domingos. Os voos para o Rio de Janeiro seguem suspensos.

NORWEGIAN AIR – Cancelou todos os voos intercontinentais, incluindo a rota entre Londres (Inglaterra) e Rio de Janeiro (RJ), ainda sem previsão de retorno.

QATAR – Manteve algumas operações pelo mundo, incluindo a ligação entre São Paulo (SP) e Doha (Emirados Árabes Unidos), mas diminuiu as frequências para três voos semanais. A companhia pretende normalizar a rota diária em agosto.

ROYAL AIR MAROC – Cumprindo determinação do governo de Marrocos, está com os seus voos temporariamente suspensos.

SKY AIRLINES – Retomou suas operações domésticas no Chile em 1º de junho. Já o retorno de seus voos internacionais está programado para o fim deste mesmo mês.

TAP – Desde o início de junho, opera as rotas Lisboa/São Paulo, Lisboa/Rio de Janeiro, Lisboa/Brasília Lisboa/Recife e Lisboa/Belo Horizonte, Lisboa/Salvador, Lisboa/Fortaleza e Lisboa/Belém. Os voos para Maceió e Natal somente serão retomados no mês de julho, ainda sem data definida.

Turkish Airlines- 640 pixels - Divulgação (1)Foto: Divulgação

 

TURKISH AIRLINES – Está operando voos internacionais desde de 10 de junho.

UNITED AIRLINES – A companhia aérea adiou mais uma vez a retomada dos voos para o Brasil. Em 3 de agosto deverão ser reiniciadas as operações entre Houston (EUA)/Rio de Janeiro (RJ), Houston/São Paulo (SP) e Newark (EUA)/São Paulo. A volta dos voos de Chicago e de Washington para São Paulo estão previstos para o dia 24 de outubro.

~ por Fabíola Musarra, jornalista e socióloga em Junho 16, 2020.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: