Companhias aéreas anunciam a retomada de operações

Um dos fatores que mais impactaram tanto o turismo de negócios e corporativo como o de lazer, além da paralisação de muitos hotéis e resorts, foi a suspensão quase que total dos voos internacionais e a oferta bastante reduzida das operações no Brasil. A maioria das aéreas que voavam no País suspenderam praticamente todos os voos programados para a segunda quinzena de março e para o mês de abril. Algumas dessas empresas estão prevendo o retorno das suas operações gradualmente para os próximos meses. American, Avianca Copa, Turkish, Tap são algumas delas.

 

Foto iStock TravellinglightFoto: iStock/Travellinglight

 

Essas companhias pretendem retornar as operações no Brasil já a partir da primeira quinzena do mês de maio, embora muitas delas ainda não tenham confirmado oficialmente essa informação, pois ainda aguardam decisão do Governo Federal e dos órgãos competentes para a reabertura de fronteiras. Algumas aéreas já deram pronunciamentos e previsões, mas o que é certo é que, mesmo com a possibilidade de retorno, a oferta por voos demorará a ser retomada. Confira:

 

Foto: iStock/Mateusz Atroszko

 

AEROMÉXICO – Os voos para São Paulo serão retomados possivelmente a partir da primeira quinzena de maio, com frequência inicial de duas vezes na semana. Essa é outra aérea que chegou a ter um voo diário e, na retomada, deverá operar apenas com 23% de sua programação antes da pandemia.

AIR CANADA – A companhia canadense pretende retomar seus voos de Toronto para São Paulo em 1° de junho, com três frequências semanais. O retorno dos voos diários na rota ainda não tem data programada e deve ocorrer apenas no final do ano. A empresa, portanto, deverá operar apenas com 38% da frequência antes da paralisação.

ALITALIA – A aérea italiana afirmou que pretende retomar o voo de Roma para São Paulo em 16 de maio, com três frequências semanais. Por enquanto, não irá operar diretamente para Milão e deve regressar com apenas 22% da sua operação, que chegou a ter até dois voos diários para São Paulo.

 

Foto: Pinterest

 

AMERICAN AIRLINES – A empresa pretende retomar os voos de Miami para São Paulo na primeira quinzena de maio. Os voos de Dallas para São Paulo, antes diários, estão previstos para ocorrer com frequência de três vezes por semana a partir de 8 de julho. Já a rota Los Angeles-São Paulo deve ser normalizada somente no fim de outubro.

AVIANCA – A Avianca também pretende retomar seus voos diários de Bogotá para São Paulo, mas somente na segunda quinzena de maio.

COPA AIRLINES – A Copa anunciou o retorno das operações para 1° de junho. A empresa ainda não informou qual será a frequência diária nem a semanal, mas afirmou que iniciará a rota mais bem aproveitada em termos de oferta e demanda: Guarulhos.

 

Foto iStock Travellinglight

 

EMIRATES – Com previsão de retorno das operações somente para o início de julho, a empresa promete frequência quatro vezes na semana, podendo ampliar a operação para voos diários a partir do final do mesmo mês. Ela continuará operando com os A380 na rota Guarulhos-Dubai.

KLM – A KLM planeja retomar seus voos para o Brasil em 04 de julho, começando por Fortaleza e Rio de Janeiro, com quatro frequências semanais (antes os voos eram diários). Os voos nestas datas já estão inclusive no sistema da companhia aérea.

 

Lufthansa-iStock-Jozsef-SoosFoto: iStock/Jozsef-Soos

 

LUFTHANSA – Com anúncio oficial emitido pela assessoria de imprensa, a aérea de bandeira alemã estenderá sua programação de voos atual até pelo menos 17 de maio. São Paulo é uma das cinco cidades em que a Lufthansa continuará operando voos intercontinentais neste período, com três frequências semanais.

QATAR AIRWAYS – A Qatar reduziu a frequência na rota de Doha para São Paulo de sete para quatro voos semanais – e assim deve permanecer até 1° de junho, a partir de quando devem ser realizados cinco voos semanais.

TURKISH AIRLINES – A companhia turca está com todos os seus voos suspensos e pretende retomá-los no final de maio.

 

Foto: Skinnylawyer/Wikimedia

 

UNITED AIRLINES – Em recente comunicado, a empresa estima o retorno de suas operações a partir de 4 de junho, devendo operar a rota entre Chicago-São Paulo. Já em 5 de junho deverá ocorrer a normalização dos voos entre Newark-São Paulo.

 

COMPANHIAS NACIONAIS – No doméstico, a Azul Linhas Aéreas iniciará algumas operações. Em 11 de maio, retorna a operação de voos para Teresina (PI), São José do Rio Preto (SP), Navegantes (SC), Chapecó, Londrina (PR), Foz do Iguaçu (PR), Fortaleza (CE), Marabá (PA) e Sinop (MT).

 

Foto: iStock/Fabricio Rezende

 

Já a Gol Linhas Aéreas Inteligentes reativará as operações nos aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ) em maio e, a partir de 24 de maio, volta a operar Maringá e Navegantes. A única aérea que ainda não se manifestou até o fechamento dessa matéria foi a Latam.

 

Texto: Cláudio Lacerda Oliva. Foto destaque: iStock/Travellinglight

 

 

~ por Fabíola Musarra, jornalista e socióloga em Abril 24, 2020.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: