Paraty tem festival da cachaça e muito agito

Localizada na região sul do Rio de Janeiro, sendo considerada uma das pontas extremas deste Estado, a histórica cidade fluminense promove um alegre “tributo” à bebida, que é um ícone mundial da identidade cultural e gastronômica brasileira.

 

Por Fabíola Musarra

  

Rua de Paraty - Foto Florian HöferRua com casarões coloniais do centro histórico de Paraty. Foto: Florian Höfer/Wikimedia

 

De 16 a 19 de agosto, a linda Paraty, no Rio de Janeiro, recebe a 36ª edição do Festival da Cachaça, Cultura e Sabores de Paraty. O evento acontece no areal do Pontal, reunindo pelo cinco dos principais alambiques da região de Paraty, Coqueiro, Corisco, Engenho D’Ouro, Paratiana e Pedra Branca.

O bairro do Pontal - Foto Ricardo Gaspar (1)O bairro do Pontal abriga duas atrações turísticos da cidade: a Praia do Pontal, com seus quiosques e barquinhos, e o Forte Defensor Perpétuo. Foto: Ricardo Gaspar

 

Com entrada gratuita, o evento tem como meta valorizar a produção local da cachaça, que tem sua origem no século 16. Outro objetivo é prestigiar os métodos de produção desta bebida que é uma das principais expressões da identidade gastronômica e cultural brasileira, além de incentivar a divulgação da cultura e da culinária caiçaras, a partir de diversas atividades culturais e gastronômicas.

Festival da Cachaça Cultura e Sabores de Paraty - Foto Ricardo GasparO evento, que é realizado desde 1983, tem cachaça, cultura caiçara e quilombola e pratos típicos de Paraty e diversificada programação musical. Foto: Ricardo Gaspar

 

Além de um espaço de convivência e gastronomia para a degustação de produtos típicos da região, a praça de alimentação contará ainda com 12 quiosques, três Food Trucks e duas Food Bikes. Além dos comes e bebes, o festival terá ainda uma animada programação musical, com pelo menos oito shows gratuitos. No eclético repertório da iniciativa, músicas ligadas à cultura caiçara e quilombola, cirandas, jongos, danças tradicionais, sertanejo, pop rock, chorinho, MPB, samba e soul.

 

Realizado desde 1983, quando foi batizado com o nome Festival da Pinga, é um dos eventos mais tradicionais da cidade, atraindo um grande número de turistas. Nos últimos anos, o evento vem passando por processos de requalificação em sua estrutura e funcionamento, cenografia e programação, num esforço conjunto da Secretaria de Turismo e Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça de Paraty (Apacap).

 

Confira a programação:

Quinta Feira – dia 16 de agosto

20h: Ciranda de Tarituba

22h; Frank Cadilac

Sexta Feira – 17 de agosto  

17h: Jongo do Campinho
21h: Samba de Rosena
23h: João Pedro e Fabiano

Sábado – dia 18 de agosto

17h: Ciranda de Tarituba
21h: Soul Batuque
23h: Grupo Aglomerou

Domingo – dia 19 de agosto

13h: Bebeto e os Chorões
17h: Juarez e Banda
21h: Moreira Júnior

* DJ Ricardo Braz todos os dias a partir das 15h.

 

~ por Fabíola Musarra, jornalista e socióloga em Agosto 14, 2018.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: