São Bento do Sul – História e natureza em um só lugar

São Bento do Sul - panorama aéreo

São Bento do Sul, a deslumbrante vista panorâmica que se tem da charmosa cidade catarinense do alto da Matriz Puríssimo Coração de Maria, no centro.

São Bento do Sul é uma glamorosa cidadezinha do Planalto Norte de Santa Catarina. Pequena, sim. Mas este município onde vivem quase 80 mil pessoas tem um quê todo próprio: preserva o clima pacato da vida no interior com as comodidades oferecidas pelas grandes metrópoles.

Não é tudo. A cidade vive, respira e transborda o ar puro nodas montanhas e cenários naturais de impecável beleza, especialmente na primavera. Mas, mesmo agora nesta estação do ano, o outono tinge com suas cores mágicas os jardins, as praças e as floreiras das casas, dos prédios e das demais construções que por ali se espalham.

Abraçada pelas paisagens desenhadas pela Serra do Mar, a 840 m de altitude, São Bento do Sul é guardiã de tesouros históricos e sede de excelente gastronomia. É ainda o endereço certo para quem curte o turismo rural e os esportes de aventura. Para os mais cosmopolitas, que adoram baladas ou fazer umas comprinhas, a cidade também reserva boas surpresas.

Paisagens memoráveis de São Bento do Sul

Herança cultural – Colonizada a partir de 1870 por alemães e, em menor escala, por poloneses, São Bento do Sul ainda agora guarda intactos os costumes e as tradições desses imigrantes, principalmente dos primeiros. Nem é preciso fazer força para entender isso. Basta observar com um pouco mais de carinho o jeito de seus habitantes, a limpeza das ruas e a arquitetura de suas edificações.

Aqui e ali, casas e prédios reproduzem visuais inspirados nas construções  que existiam no norte da Europa do final do século XIX, testemunhando a forte influência que os  colonizadores alemães imprimiram à arquitetura local.

Arquitetura de inspiração europeia em São Bento do Sul

Ruas limpas, praças floridas e o estilo arquitetônico de grande parte de suas construções mostram as fortes influências europeias, sobretudo alemãs e polonesas, na cidade.

A pista que conduz às influências culturais germânicas, na realidade, está presente em todos os cantos da cidade: no estilo arquitetônico de seu shopping e de várias lojas, nos cardápios dos bares e restaurantes, e também nas propriedades existentes em seu entorno.

A história dos colonizadores alemães também é contada pelo acervo do Museu Municipal Dr. Felippe Maria Wolff, no centro da cidade. Entre as peças ali expostas estão as armas de guerra, os instrumentos, as ferramentas, e os maquinários usados por esses imigrantes.

Matriz de São Bento do Sul - SC

Uma imensa escadaria conduz à Matriz Puríssimo Coração de Maria. A vista é imperdível. 

Também é no centro que ficam a Matriz Puríssimo Coração de Maria, construída entre 1955 e 1960, e a Igreja Evangélica Luterana (outra herança germânica), cujas estéticas merecem ser conhecidas. Além da deslumbrante vista que proporciona a quem sobe sua imensa escadaria, a igreja católica guarda um lindo conjunto de painéis cerâmicos da Via-Sacra. Já a segunda, em estilo gótico, exibe belíssimos vitrais coloridos.

A trilha da história dos destemidos pioneiros segue pelo centro e conduz ao Parque 23 de Setembro, onde está uma réplica da primeira residência construída na região, a Casa do Imigrante.  Situado em uma enorme área verde, o espaço também é um irrecusável convite para caminhadas em meio a araucárias e cedros centenários.

Arvorismo

Para os movidos a mais adrenalina, a agência Aracnos Montanhismo (www.aracnos.com.br), oferece duas desafiadoras aventuras pelo interior do parque: paintball e arvorismo. Com altura que varia entre 6 e 22 m, o circuito de trilhas suspensas sobre as copas de árvores tem mais de 400 m de extensão de pura emoção. Por sua vez, o divertido jogo de estratégia acontece em um campo com cenário selvagem.

Arredores – Mas são nos caminhos da Estrada Dona Francisca, uma das mais antigas de Santa Catarina, e nas paisagens rurais de Rio Natal que os traços da colonização alemã são ainda mais visíveis.

Casa enxaimel na Estrada Dona Francisca - Foto Mauro Goulart

Casas em estilo enxaimel, como a da foto, se multiplicam ao longo da Estrada Dona Francisca. Foto: Mauro Goulart

Palco onde bucólicos postais da natureza se intercalam às tradições culturais, a Estrada Dona Francisca é o lar de graciosas casinhas em estilo enxaimel, muitas delas tombadas pelo patrimônio histórico do Estado.

Ao longo de sua extensão distribuem-se ainda diversas propriedades, onde é possível saborear um gostoso café colonial e comprar guloseimas e produtos caseiros, como geleias, pães de carne e diferentes tipos de salsicha, salames e linguiças.

Distante 28 km do centro de São Bento do Sul, Rio Natal abriga o Parque Natural das Aves (www.parquenaturaldasaves.com.br), um programa ambiental que concentra grande variedade da flora e fauna endêmicas da Mata Atlântica e é aberto à visitação. As espécies estão distribuídas nos viveiros que se espalham pelas trilhas temáticas do parque – a das borboletas, dos pássaros, do pomar e a contemplativa.

O Parque das Aves é um dos recantos mais visitados

O Parque das Aves é um dos recantos mais visitados de Rio Natal, nos arredores da cidade.

 

Em Rio Natal também estão o Restaurante Ruda, especializado em gastronomia polonesa, e o Parque Braço Esquerdo/Ano Bom. Com cavernas, cachoeiras de mais de 100 m e piscinas naturais de águas limpinhas, este último é o paraíso para os amantes de escaladas e rapel.

Estrada Bonita, área rural de Joinville

Rio Natal é ainda o destino final de um lúdico passeio de maria-fumaça pela Serra do Mar. O ponto de partida do tour ferroviário é o vizinho município de Rio Negrinho, a uma altitude de 795 m. As saídas acontecem uma vez por mês. No percurso de 45 km, a locomotiva passa por túneis, pontes e viadutos, descendo até chegar a São Bento do Sul.

Agito – De volta à vida urbana, o calçadão do centro de São Bento do Sul é uma passarela onde convivem irresistíveis lojas e animados bares e restaurantes. Com música ao vivo, o Quiosque Chopp Brahma é um deles. Funcionando dentro do Shopping Zipperer, a casa é um badalado point de paquera e de encontro de gente bonita e de bem com a vida.

Rua para pedestres no centro de São Bento do Sul

Além do chope, os nomes e a arquitetura de diversos restaurantes, assim como seus cardápios, denunciam a forte influência alemã na gastronomia local. Caso do Alpenbier, onde o “Schlachteplate” é um dos carros-chefe. O prato típico alemão é basicamente composto por joelho de porco, salsichão e chucrute.

Para os românticos, a dica é o restaurante  do Serra Alta Hotel (www.serraaltahotel.com.br). Situado em um dos pontos mais altos de São Bento do Sul, a 870 m acima do nível do mar, o espaço de amplos  janelões e integrado ao terraço tem privilegiada vista do verde da Mata Atlântica e do centro da cidade.

Serra Alta Hotel, fachada

Circundado por hortênsias e araucárias, o restaurante oferece desde clássicos da culinária germânica, como o marreco, até carnes, sopas e pratos com frutos do mar, além de imperdíveis sobremesas.

Compras – Conhecida por ser um dos principais polos moveleiros do País, a cidade também é famosa pelas peças de porcelana e artigos de cama, mesa e banho, caprichosamente produzidos por duas de suas indústrias: a Oxford e a Buddmeyer.

Na primeira (www.oxfordporcelanas.com.br) as tentações são inúmeras, desde copos de cristal até aparelhos de café, chá e jantar, passando por sopeiras e pratos de diferentes tamanhos, estampas e cores. De enlouquecer também é a ponta de estoque da loja, com utensílios e peças de  porcelana a preços bem mais acessíveis.

Tão sedutora quanto a Oxford é a Buddmeyer (www.buddemeyer.com.br), com roupas de mesa, cama e banho que primam pela qualidade e beleza. Se não bastasse, a loja renova as suas coleções a cada seis meses, colocando as antigas peças em promoção.

São Bento do Sul se traduz em cores e contrastes. É o paraíso das compras, reduto de agito e adrenalina, recanto de paz e da natureza e palco vivo da história. É, enfim, um caleidoscópio mágico que merece ser desvendado.

~ por Fabíola Musarra em Março 24, 2016.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: