Primeira verdade inconveniente

A Terra em Balanço – Ecologia e o Espírito Humano, Al Gore, Ed. Global, 352 págs., R$ 47.

Político, democrata e ecologista fervoroso, Al Gore foi vice-presidente dos Estados Unidos em dois governos de Bill Clinton, entre 1993 a 2001. Mas tornou-se mundialmente conhecido devido à disputa nas eleições norte- americanas, nas quais apesar de ter recebido mais votos perdeu as eleições para o republicano George W. Bush. O seu primeiro livro, A Terra em Balanço: Ecologia e o Espírito Humano (EUA, 1992) faz parte da jornada pessoal de Al Gore, que culminou em 2006 com o lançamento do livro Uma verdade inconveniente, (EUA, 2006). Essa obra foi transformada em um documentário sobre a influência do ser humano no clima do planeta. Trata-se de um filme didático, que mostra por meio de gráficos, fotos e estudos o problema do aquecimento global.

Al Gore, há décadas, tenta compreender a crise ecológica global e A Terra em balanço é um dos primeiros relatos dessa busca que extrapola soluções para preservar o meio ambiente. No best-seller, o ativista ecológico afirma que são necessárias grandes mudanças ecológicas para enfrentar o século 21 e descreve os perigos que ameaçam o planeta, como o aquecimento global, a destruição do solo e das reservas de água, a devastação vegetal e a extinção de espécies animais. Temas esses que passaram a fazer parte das discussões públicas desde o lançamento deste livro.

Segundo alerta, é preciso haver um plano político a fim de combater a destruição do planeta, para que seja possível vislumbrar uma esperança no futuro, preservar as riquezas ambientais da Terra e garantir o bem-estar das gerações atuais e futuras. Neste livro, Al Gore também afirma  que a civilização não pode ignorar suas raízes na Terra, seus alicerces na natureza: “Em algum ponto dessa jornada, perdemos nosso sentimento de integração com a natureza”, escreve ele.

“A perspectiva ecológica […] não pode encarar a Terra como dissociada da civilização humana; somos parte do todo, e olhar para ele significa, em última análise, olhar para nós mesmos. E, se não percebermos que a parte humana tem influência cada vez maior sobre o conjunto da natureza, não conseguiremos perceber quão perigosamente estamos ameaçando colocar a Terra fora de equilíbrio.”

Pelos seus esforços na construção e disseminação de maior conhecimento sobre as alterações climáticas induzidas pelo homem e por lançar as as bases necessárias para inverter tais alterações, Al Gore recebeu o Nobel da Paz em 2007, junto com o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU.

 

~ por Fabíola Musarra em Julho 8, 2011.

2 Respostas to “Primeira verdade inconveniente”

  1. Oi Fabi!!! fiquei feliz em ver que você não cumpriu a ameaça de parar de escrever…sou uma leitora voraz de seu blog (e você sabe disso!) e toda vez que dá, acompanho seus textos, que me relaxam, me elevam, e me divertem… adoro seu trabalho e divulgo para todos os meus amigos… continue nos prestigiando com suas excelentes matérias, todas de bom gosto e instutivas!!! sou sua fã!!!
    beijo grande Lylla

  2. Li, de novo, obrigada pelo carinho e incentivo.
    Graças às suas palavras, não parei de escrever e o resultado mais legal disso é que o meu blog (o número de acessos) vem crescendo a cada dia.
    Valeu mesmo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: