Para divertir (e ensinar) a meninada

Editora Girafinha lança uma nova adaptação do conto original russo escrito por Aleksei Tolstói no século 19

Por Fabíola Musarra

O nabo gigante
Aleksei Tolstói, com ilustrações de Niamh Sharkey, Ed. Girafinha, 40 págs., R$ 29.

O divertido enredo desta nova adaptação do clássico conto russo acompanha as atribulações de um velhinho e uma velhinha que plantam um nabo em sua horta. O tubérculo começa a se desenvolver e cresce, cresce, cresce até ficar gigante. É difícil arrancá-lo do solo.

nova versão do clássico conto russo é enriquecida com as belíssimas ilustrações de uma premiada artista irlandesa, Niamh Sharkey.

Os velhinhos bem que tentam, mas a missão é impossível para eles. Pedem então a colaboração de todos os animais da fazenda onde vivem, dos menores e mais fracos aos mais fortes. As peripécias são muitas, mas a colaboração e a ajuda de todos é a chave da resolução do problema!

Com ilustrações da premiada artista irlandesa Niamh Sharkey (arrebatou os prêmios Mother Goose e Bito), a nova versão do conto escrito por Aleksei Tolstói no século 19 tem os ingredientes de um conto popular idealizado para crianças com menos de 5 anos e para todos os que estão se iniciando no mundo da leitura, embora a singela trama desse clássico da literatura russa prometa enternecer o coração de leitores de todas as idades.

Para quem se esqueceu ou quer ter mais elementos para ensinar a garotada, o romancista, contista, dramaturgo e historiador russo Aleksei Nikolaevich Tolstói (mais conhecido no Brasil como Aléxis Tolstói) nasceu no dia 10 de janeiro de 1883, em Nikolaevsk, na província de Sâmara, e faleceu em 23 de fevereiro de 1945, em Moscou. Escreveu poesia, prosa e peças de teatro, mas foi com a publicação de uma série de romances dedicados ao processo de empobrecimento das propriedades rurais aristocráticas e ao declínio espiritual dos seus proprietários que o escritor ficou mais conhecido. A fama mesmo veio em 1944, com a estreia da adaptação cinematográfica do seu romance Ivan Groznyj (Ivan, o terrível) pelo cineasta soviético Sergei Eisenstein.

~ por Fabíola Musarra em Janeiro 18, 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: